Saint Patrick’s Day – O rescaldo

Optei por um programa mais calmo de última hora no dia de ontem, embora tenha feito um carnaval por aqui. E não me arrependo. Pelo contrário.

 

Mas, hoje, colhi os xingamentos por ter deixado amigos na mão, e ouvi histórias maravilhosas da noite de St Patrick. Simple Plan foi na Dublin, onde eu deveria ter entrado, mas a fila ao lado de fora com o dobro da capacidade do lugar intimidou. E os caras ainda deram canja. Não sou fã, mas seria um evento interessante.

 

Porém, destaco o causo contado pela Sylvinha, que também desertou do Dublin e foi ao Mulligam, algumas quadras acima. Estava ela e mais umas amigas sentadas a uma mesa, quando, de repente, ouve-se uma gritaria. “Inês! Inês! Inês!”. Ela indagou: “Gente, mas quem será essa Inês aí que todo mundo grita? Que coisa!”. Virou assunto na mesa.

 

“Será que tem mulher pelada?”, pensou uma. “Nunca mais venho aqui”, disse outra. “Aposto que é uma guria ridícula querendo aparecer”, declarou uma terceira. Ó, dúvida cruel. Curiosidade geral.

 

Daqui a pouco, recomeça: “Inês! Inês! Inês!”. E ela continua se indagando quem seria a tal personagem. Não demorou para que o mistério se desfizesse. Bastou que uma das amigas um pouco mais sóbria – ou menos bêbada, como queiram – notasse que não era Inês, mas sim “Guiness” que as pessoas estavam falando. 

 

Muito bem, Sylvinha. Saint Patrick e suas histórias. Bebedeira causa surdez agora. Creeedo.

 

 

Casa nova

 

Quando decidi sair de casa e procurar apartamento, mentalizei como gostaria que ele fosse. Living amplo, suíte, churrasqueira, alto, box, etc. Por um valor acessível. E achei. Pedi preferência. Vamos ver.

 

 

Mensagem com Meio

 

Recebi hoje a edição semanal do Meio e Mensagem. Minhas preces e reclamações foram ouvidas. E ainda veio com encarte. Olha só… Tomara que continue assim.

 

2 Respostas to “Saint Patrick’s Day – O rescaldo”

  1. pensei que o simple plan fosse uma maneira apropriada de chamar nosso grande amigo, Clodowill, cujo maior inspiração de risada morreu ontem.

    e de novo: desculpa por quase te matar do coração às 2 da manhã. aehuihaeiuahe

  2. andreifonseca Says:

    É verdade, cara. Quase me matou mesmo. Hehehehe… esqueci de contar esse detalhe.

    Mas tá tranquilo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: