I got the best

Kiss alive. Again.

 

Assisti, ontem, em São Paulo, pela segunda vez, o show do Kiss. Sem dúvida, um espetáculo inesquecível. Bastante parecido com o primeiro, em termos de efeitos e perfomance. Com relação às músicas, não lembro ao certo o set list do primeiro show.

 

Fico bastante curioso sobre a quantidade de fogo de artifício utilizada durante as duas horas de música. É explosão que não acaba mais. Luzes, muitas luzes. Quatro telões com imagens impressionantes. E os caras são muito bons. Afinal, são 35 anos de estrada.

 

Os maiores sucesso foram executados. Shout It Out Loud, Detroit Rock City, Destroyer,Love Guns, Lick It Up foram os que eu me lembrei agora. Sem falar na clássica Rock And Roll All Nite, tocada na metade do show, e anunciada pelo Paul Stanley como “este é o nosso hino”. Sem dúvida um momento de união entre os presentes. Todos queriam unicamente naquele momento rock roll a noite toda e festa todos os dias. Vi pessoas ficarem insanas durante os cerca de quatro minutos de execução. Um grupo de amigos se jogou no chão de costas e ficou mexendo as pernas alucinadamente, como se estivessem pedalando em alta velocidade. As pessoas em volta tirava fotos impressionadas.

 

Mesmo não sendo com a formação original – Ace Freley e Peter Criss derem lugar a Tommy Thayer e Eric Singer, o quarteto mostrou aos fãs porque forma uma das bandas mais influentes da história da música. Chama muita a atenção a variação da idade das pessoas na platéia. Percebi uma variação de 10 até 50 anos no público. E todos sabendo letras de cabo a rabo.

 

Duvido que terei outra chance como essa. Foi um refresco aos ouvidos poder contemplar uma verdadeira banda de rock ao vivo. Verdadeira. Coisa rara hoje em dia. Infelizmente.

 

….

 

Mais sobre aviões

 

No vôo de volta não houve situações doidas como a narrada anteriormente, mas ocorreu um fato inusitado. Pelo menos para mim. Ganhei o primeiro sorteio da minha vida. A TAM firmou parceria com a Bauducco durante a Páscoa e sortearam uma colomba pascal de chocolate. “Poltrona 9-A”, anunciou a aeromoça. Era a minha.

 

Obrigado, TAM. Obrigado, Bauducco.

 

….

 

 

BBBOsta

 

Deu Max. Cantei a pedra. Parabéns a ele. Jogou muito.

Uma resposta to “I got the best”

  1. Mas eu cantei a pedra na primeira semana.
    Rá.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: