O calendário do jardineiro

A lógica do ser humano me surpreende de vez em quando. Resolvi postar um rápido diálogo entre meu pai e o jardineiro da minha casa, programando quando deveriam realizar um trabalho.

 

– Seu Fulano, estarei na praia com a esposa até o dia 30, mais ou menos. Depois dessa data, a gente pode marcar um dia para iniciar as modificações aqui no jardim.

 

– Tudo bem, seu Nivaldo. Lá pelo dia 33 ou 34 eu venho aí pra gente conversar.

 

Hehe… quero só ver se o cara vai mesmo aparecer. Ou será que vai ficar perdido no tempo? Caberia aqui a piada que eu sempre digo quando alguém me pede alguma coisa que eu não quero fazer de jeito nenhum:

 

– Claro, meu velho. Pode deixar que dia 31 de setembro te entrego.

3 Respostas to “O calendário do jardineiro”

  1. brunoribas Says:

    HAHAHAHA!!!

  2. ahahahah. o cara deve ter ficado apavorado quando viu que o mês acabava no máximo no dia 31.

  3. Diogo Says:

    Ah meu caro. Só pra te avisar que nessa mesma data, dia 31 de setembro, estarei aí para arrumar o teu teclado. Viu, meu querido!?
    Aquele abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: