Johnny Cash – San Quentin

Milagrosamente, demorei 70 posts para colocar alguma coisa específica do Johnny Cash, embora já tenha escrito ou citado meu ídolo máximo algumas vezes. Não vou apresentá-lo, acredito que a maioria conheça. Vou apenas contar uma historinha e postar uma música.

Neste final de semana, assisti, pela trigésima vez possivelmente, o filme Johnny e June (ou I Walk The Line, em inglês). Mesmo com algumas partes fantasiosas, a película me emociona sempre. Uma das partes que mais gosto é quando ele lê as cartas dos prisioneiros e se dá conta que sua volta por cima seria fazendo um show ao vivo na prisão.

Então, ele comunica a gravadora e vai para a Folsom Prison gravar um disco ao vivo. Mesmo recomendado a não fazê-lo, ele insiste, e grava o álbum que, em pouco tempo, viraria o número 1 da Billboard. Infelizmente, não existem registros em vídeo desse show.

Mas, um ano e pouco depois, ele iria para San Quentin, outra cadeia de segurança máxima dos EUA, e não só gravou um disco, como foi feito um documentário sobre isso, aí sim com vídeo. Essa é uma das gravações dele que eu mais gosto.

Johnny Cash, dois dias antes desse show, resolveu escrever uma música com o nome San Quentin em homenagem a sua platéia, como ele se sentiria se fosse um deles. E daí, saiu essa pérola. O detalhe é que, antes de executá-la, ele chama um guarda ao palco para levar água. O coitado toma a maior vaia do mundo. E a letra é um coice. Confiram.

 

Johnny Cash – “San Quentin”

 

San Quentin, you’ve been livin’ hell to me

You’ve hosted me since nineteen sixty three

I’ve seen ‘em come and go and I’ve seen them die

And long ago I stopped askin’ why

 

San Quentin, I hate every inch of you.

You’ve cut me and have scarred me thru an’ thru.

And I’ll walk out a wiser weaker man;

Mister Congressman why can’t you understand.

 

San Quentin, what good do you think you do?

Do you think I’ll be different when you’re through?

You bent my heart and mind and you may my soul,

And your stone walls turn my blood a little cold.

 

San Quentin, may you rot and burn in hell.

May your walls fall and may I live to tell.

May all the world forget you ever stood.

And may all the world regret you did no good.

 

San Quentin, you’ve been livin’ hell to me.

Uma resposta to “Johnny Cash – San Quentin”

  1. demorou demais e reverteu. lateral pro outro time.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: