Triste rotina

Mais uma vez, o Internacional saiu prejudicado pela arbitragem em um jogo contra o Corinthians. Impossível não suspeitar dessa rotina infame na qual o torcedor é submetido.

Estive ontem no estádio Beira-Rio, com sede de vingança (pacífica, evidentemente). E, durante 90 minutos, vi um jogo equilibrado. Vi um Inter com vontade, com maior posse de bola, chances de gol perigosas. Mas pouco eficiente e desorganizado. Ah… e nervoso.

Vi um Corinthians tranquilo, experiente mesmo com jogadores reservas. Uma equipe quase perfeita taticamente, contra-ataque rápido, meio-campo marcador. Mano Menezes merece os méritos, sim senhor. Mas, desculpem-me os corinthianos. O resultado foi injusto.

“Mas, Andrei, não é choro de perdedor?”. Sim, é. Mas, sobretudo é um desabafo que SEMPRE contra o Corinthians o jogo é NEBULOSO. Não lembro de um jogo que fomos derrotados com total justiça (descontado erros irrelevantes de arbitragem, obviamente).

Na Copa do Brasil, o Timão marcou o segundo gol com bola rolando e o árbitro não foi macho suficiente para anular. “O que? Anular um gol do Ronaldo? Numa final? Isso vai custar minha carreira!”. Héber Roberto Lopes foi parcial. Deixou os pendurados Elias e Chicão descerem a lenha no time colorado. E não marcou pênalti no Alecssandro.

Ontem, os dois gols do Corinthians foram ilegais. Houve pênalti no Andrezinho. Nada. Ressalto que Bolaños merecia vermelho. Não levou. Wagner Tardelli teve uma arbitragem fraquíssima, ridícula e mostrou que é um profissional sem pulso e com medo de marcar lances decisivos.

O Corinthians está entalado na minha garganta. 2005 ainda não desceu. E faço uma aposta com vocês. Ano que vem, o Timão comemora o centenário. Adivinha quem será o grande campeão da Libertadores 2010? Resta saber de como serão as arbitragens. Que o Corinthians tem influência no Brasil, já sabemos. Vamos ver em nível internacional.

….

Semana passada, vi o Rei. Hoje, verei o pai de todos, o criado do rock. Falo de Chuck Berry. Ano passado, já pude assisti-lo no Pepsi On Stage. Agora, é a vez do Teatro do Bourbon Country. Melhor, dá pra ver sentado.

Amanhã comento o show.

….

Ter que fazer exames médicos me deixam profundamente irritado. Por isso, quase nunca visito profissionais da saúde. Errado. Deveria ser mais consciente.

Tanto que fui ao dentista ontem e adivinha? Cárie. Putz. Agora tem que obturar e tudo mais. Fora o gasto. Um saco.

….

Por fim, quero deixar claro uma coisa. Este blog é um espaço onde eu manifesto minhas opiniões sobre diversos assuntos. Aceito críticas, sugestões e contrapontos. Não deleto comentários.

Mas, falta de respeito, neste espaço, não será tolerada.

2 Respostas to “Triste rotina”

  1. Ops, quem te xingou???? Bom show cunhado!!!!! Beijo e bom findi! Que tal um churras no próximo???

  2. PUTÃO! BOIOLA! FAGGOT!

    nah. já sei o que vai te irritar:
    MULLETS! MUUUUUULLEEEEETS!!!!!!!!!!!
    ahahahah

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: