A corrida pelo ouro

Após muitas tentativas, desespero, choro e angústia, consegui comprar dois ingressos para o show do AC/DC. E precisava de três. Queria cadeira, mas levei arquibancada. Porém, era o que tinha disponível.

Minha tortura começou ontem, quando tentei incessantemente comprar a parada pelo site do Ticketmaster. Impossível. Tentei pelo telefone, então. Impossível. Tudo estava congestionado.

Hoje pela manhã, tornei a tentar e a situação se repetiu. Quando finalmente consegui ligação, me informaram outro número. Liguei e esperei 13 minutos para ser atendido, para então receber a resposta que não havia mais ingresso. Fodeu.

ac_dc

Tenteio acessar o site de novo, ligar, busquei informações na internet. Tudo parecia perdido. Até que rolou um papo no Twitter que o telefone estava aceitando novos pedidos. Liguei, fiquei no hold e daí atendeu uma moça.

Implorei por ingressos e ela veio com a notícia boa, mas que durou pouco:

– Achei três cadeiras no setor laranja, senhor………… opa! Perdi. Já puxaram para outra linha, senhor. Desculpe.

Bom, fiquei conversando com ela e pedindo que a gente conseguisse alguns, pois haviam cancelamentos. Depois de tentar, conseguimos dois lugares para arquibancada. Yes! Vitória!

Como prêmio a grande ajuda que ela me deu, disse que iria publicar o nome da atendente aqui. Então, cumpro minha promessa, Miriam. Muito obrigado pela persistência e pelo excelente trabalho.

E peço desculpas ao Camilo, por só conseguir dois. Mas tem Buenos Aires, velho. Vai dar certo. Keep rockin’dude!

….

Sou BasileiRIO

O crédito deste trocadilho é do professor Dado Schneider, no Twitter. Fecho com ele. Fiquei feliz com a escolha do Rio de Janeiro para ser sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Um evento como esse traz muitos benefícios ao país, como visibilidade, respeito, empregos, etc. Claro que tem a turma “morde-teta”, mas não temos como fugir disso. Só espero que os gastos sejam bem explicados.

logo-rio-cidade-aspitante-20162

Tava rolando no Twitter um apoio massivo para o Blanka, personagem do Street Fighter, ser o mascote dos Jogos. Assino embaixo. Mas, se fosse Tóquio a escolhida, o Ryu tinha chance? E Chicago com o Guile? Madrid com o Veja? Campeonato de porrada com os mascotes.

blanka

Ainda no Twitter, percebo uma divisão das pessoas que sigo. A vantagem pequena é de quem apóia. O resto vai contra, contestando mais investimento para saúde, educação e segurança. Tem muito investimento internacional aí, pessoal. Vamos comemorar. Aliás, alguém trabalha hoje em Copacabana desde duas da tarde?

….

Por falar em Internacional, minha profecia se cumpriu. Foi o fim da Gema Compressora ou Rolo Gemada, como queiram. Aliás, piadinha de sexta-feira:

– Quem roubou a prova do ENEM?

– Não sei.

– Foi o Internacional, pois rodou na Universidad de Chile.

Uma resposta to “A corrida pelo ouro”

  1. o brasil vai rio abaixo. dinheiro pra eles, rombos pra nós. só o rio vai ganhar com isso. não se iludam. é tudo bunda, caipirinha e carnaval.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: