Endless Vacation

Tem uma música do Ramones com esse nome: Endless Vacation. Resolvi usar este nome devido à situação que se criou na minha vida profissional, onde há uma junção de férias coletivas com férias pessoais, unidas por um elo de três dias de trabalho na primeira semana de janeiro.

Admito que o calendário é bastante favorável, afinal, tem o recesso de 11 dias até 4 de janeiro, trabalho de segunda-feira até quarta-feira e daí férias a partir de quinta, com retorno 20 dias depois.

Estava pensando sobre férias esses dias. Quando era criança, que tinham as férias escolares, a folga começava exatamente no início de dezembro e ia até a primeira semana de março. A maioria dos pais precisava ficar trabalhando aqui em parte deste período, mas por ter pais professores, o descanso deles praticamente acompanhava o meu e do meu irmão.

No meu caso, essa mamata durou até eu completar 16 anos, pois comecei a trabalhar em rádio neste período. E daí, foram-se férias, folgas, feriados, noites e finais de semana.  Cheguei a ficar seis anos sem férias, apenas com folgas ocasionais. Inclusive, nos tempos da Rádio Pampa, cheguei a apresentar os especiais de Natal e Ano Novo, que começam as duas da manhã e iam até às seis, quando o sol nascia.

Quando tive empresa, resolvi tirar férias depois  de tanto tempo sem. E agora, na agência, é a primeira vez. E, junto com a Ju, vamos para a praia e depois do retorno ao trabalho por ter^s dias, embarcamos para a América do Norte.

Estou precisando desta parada. Será um período de descanso e reavaliação. Preciso relaxar e repensar uma série de coisas. E, acima de tudo, ochizar ao lado de my Love. Antes que perguntei, é gíria interna.

Será um período de praia, PlayStation, Wii, vagabundagem, família, cerveja e churrasco.  E Ju. Muita Ju. Aos poucos vamos conversando e atualizando este espaço.

Essa correria final pré-recesso impediu que eu opinasse sobre uma série de coisas, como o palavrão do Lula, reunião do clima e menino com agulhas.

Vou tentar seguir um padrão. Peço compreensão dos meus leitores.

Uma resposta to “Endless Vacation”

  1. não vou perguntar nada, mas vou te sacanear: sempre que eu leio “my love” eu lembro do carinha aquele da escolinha do professor raimundo, o SAMBARILÓVE.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: