Mesa redonda global

Nosso domingo aqui no Canadá foi bastante agitado e teve um tipo de programa de me agrada muito: reunião de pessoas de várias nacionalidades em mesmo lugar. Os assuntos são sempre importantes e, acima de tudo, há algo que aprecio demais: conhecimento de outras culturas.

Mas antes de entrar nessa parte, relato que tivemos um tradicional brunch dominical que se estendeu até três e pouco da tarde. Isso matou nossa intenção de patinar. Talvez fique para a próxima. Até porque o tobagoning já foi perigoso o suficiente.

Futricando nas máquinas que vendem jornais

De noite, fomos para Gatineau, em Quebec, comprar cerveja, pois só é possível achar em Ontario até às seis da tarde e na Beer Store. Já em qualquer cidade de Quebec vende álcool até tarde da noite e é possível achar em qualquer lugar.

Acabamos parando em um Dairy Queen, onde a dona era uma senhora chinesa. Entramos no freezer da parada para pegar a cerveja numa temperatura boa e veio um franco-canadense maluco que quis aparecer nas fotos.

Nós e o franco-canadense maluco

O Adrian organizou uma festa para algumas pessoas, dentre elas, o pai dele, John Harewood. Um cara fantástico, de uma cultura impressionante, professor de latin e grego. Aí vocês já imaginam o calibre da figura. Conversei bastante com ele.

Também havia um casal formado por um diretor de filmes mexicano e uma agrônoma italiana. Eles tinham idéias muito interessantes sobre alimentação do mundo. Segundo o Raul, o melhor seria que não houvesse escolha da cultura a ser plantada na terra, as pessoas deveria simplesmente jogar semente aos quatro ventos e colher aquilo que crescer. Tivemos um acalorado debate sobre isso.

Havia uma jornalista canadense filha de pais egípcios, a Reba, que morou no Oriente Médio e foi expulsa por que o governo do país em que ela estava não concordava com os textos. Ela tem uma cultura impressionante.

Obviamente, perguntamos para a Alessandra o que ela pensava sobre Berlusconi e suas mil e uma mulheres. Ela se mostrou bastante incomodada com ele e disse que o Premier envergonha o país. Mas também concordou que algumas pessoas o defendem incondicionalmente.

O assunto da noite encerrou com uma verdadeira palestra (que foi promovida pelo meu índice alcoólico) sobre política e corrupção no Brasil. Discursei até não poder mais.

Mesmo eu não sendo um grande fã do Lula, ressaltei as suas qualidades. Citei índices que melhoraram com o seu governo, mas também o ataquei sobre seus discursos anti-imprensa e suas furadas públicas que nos embaraçam.

O fato é que Lula é um líder respeitado mundialmente. As pessoas me questionaram sobre ele como se estivessem perguntando a um americano sobre Obama. Isso me impressionou.

Claro que houve os questionamentos obre futebol. Todos querem saber se o Brasil ganha a Copa do Mundo desse ano. Acho que não leva, mas discursei a favor do otimismo da nação.

4 Respostas to “Mesa redonda global”

  1. Bah… que maravilha essa viagem e essa neve toda por ae. Em fevereiro tô indo pra NY. Espero passar um friozinho também. Grande abraço

  2. prof vinicius Says:

    grande Andrei……
    Que coisa hein……aqui em Poa…34 graus e ae esta neve…..
    só uma coisa pra que cerveja no freezer?????? é só deixá-la na rua não??? estranho……
    aproveita ae……
    abraços
    vinicius
    p.s. tem uma churrascaria ae que o filho do zé do bar trabahlha…..Carnival é o nome…….mas não tenho certeza da cidade…..vou ver e te aviso!

  3. Êeeeeeeeeeeee lua-de-mel!
    🙂

    Ju, traz uns lancômes pra vender😛

    Beeejos FêJaques

  4. Bah, Fê, teria sido uma ótima idéia para me recuperar da falência, isso se eu tivesse lido tua mensagem antes de estourar o limite do meu cartão de crédito…😦

    bjoks

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: