Troca da Guarda

O guia sobre Londres da Folha de São Paulo que eu usei na viagem foi bastante útil, embora tem falhas graves (não cita sequer a existência da Abbey Road, quando mais direcionar o visitante para lá). Logo no início, a publicação faz uma relação de dez coisas que não podem deixar de serem vistas/visitadas. E uma delas é a troca da Guarda no Palácio de Buckingham.

Realmente é imperdível. Um espetáculo simples, mas extremamente organizado. Impressiona pela disciplina, os movimentos sincronizados e os gritos de comando.

Chegamos cedo, cerca de 80 minutos antes, e já havia certa concentração no local. Pessoas tirando fotos e buscando o melhor local, a polícia já cercava a área, isolava as ruas e orientava os visitantes.

Além de vários turistas, é claro, se via muitos “londoners”, mostrando o respeito pela cerimônia e pela monarquia. Com o passar do tempo, o acúmulo de pessoas aumentou bastante e não demorou para se ver ao horizonte uma cavalgada de guardas reais chegando com apoio da polícia local.

Em seguida, veio a banda do exército, tocando músicas militares bastante animadas. Os oficiais organizaram a tropa e houve então o rendimento do grupo que estava de serviço, sendo trocado por novos soldados.

Os movimentos realizados causam espanto pelo treinamento e coordenação, fazendo jus a fama que os guardas reais ingleses possuem sobre concentração e coordenação.

No final da cerimônia, a tropa dispensada marcha em direção ao Hyde Park, ao som da banda dos guardas.

A Ju gravou um vídeo que mostra uma pequena mas divertida parte da cerimônia. Coloquei no Youtube e cho que vocês devem gostar. Perdoem, por favor, o barulho do vento no início, o sol contra-luz e, principalmente, os comentários maldosos do casal.

Dica minha: tire fotos com os policiais locais, é um recordação interessante. O uniforme deles é demais. Pedi com educação e fui prontamente atendido, ainda mais quando disse que era brasileiro.

….

Sobre Libertadores

O gol sofrido pelo Inter, ontem, aos 50 minutos do segundo tempo acabou com o meu humor e a minha paciência. Vem cá, hein? Até quando vamos ter um time covarde? Porra, o Internacional é mil vezes maior que o Emelec, não pode temer esse time.

Bolatti estreou bem, marcou muito no meio-campo e fez um belo gol. Leandro Damião tem futuro. Mas precisamos de reforço na defesa. Troco o Lauro pelo Vitor (pode ser?) e o Índio tá muito lento.

Já o imortal tricolor estréia hoje. Chuto que faz 3 a 0. No primeiro tempo.

Aliás, os grupos da dupla GRENAL são os mais fáceis. Ambos tem obrigação de terminar em primeiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: