Archive for the BBB11 Category

A prova do líder

Posted in BBB11 with tags , , , , , , on 14/01/2011 by andreifonseca

Não quero que o BBB seja o assunto mais discutido aqui no Dark Journal, mas ontem a Globo proporcionou um momento histórico na televisão brasileira. A primeira prova do líder desta edição do BBB. Para quem não assistiu, vou explicar rapidamente e quem já viu, vai rir muito de novo.

Os quatro grupos foram divididos em dois times, um vermelho e outro verde. Eles tinham que percorrer uma distância entre dois palcos, passando de um lado para o outro, suspensos em uma garrafa gigante de Guaraná Antártica, o patrocinador da disputa. Perfeito, não? Não, não foi.

No começo, O Pedro Bial explicou e as pessoas fizeram cara de que não estavam entendendo direito, mas ninguém questionou para não parecer burro. Logo no início da prova, o time dos vermelhos que tinha os fortões e as beldades passou dois de cara, e o grupo verde conseguiu quebrar a correia que fazia o transporte da garrafa gigante.

Pausa na prova. Bial manda os brothers pra dentro da casa, chama o intervalo. Na volta, constrangido, o apresentador chama os participantes e avisa que vai demorar o conserto e pede que alguém cante uma música. O gago do grupo se apresenta e canta um axé, seguido pelo barman que larga um rap. Legal, todos riem, novo intervalo, hora da prova.

Chegando ao lado de fora, começa a bizarrice. A participante Paula, carinhosamente apelidada pelos “amigos” de Jabulani, vai tentar a sorte e leva tombos impressionantes ao tentar agarrar a garrafa gigante. A cena é simplesmente patética. Por mais que eu tente descrever, é melhor o leitor ver o vídeo abaixo. Publiquei toda sequencia de trapalhadas da produção, se o amigo quiser adiantar para os tombos, pule para o minuto 4:43.

Olha, o que essa moça se machucou, não foi brincadeira. Impressionante. E me chamou muito a atenção a perseverança dela. Sabendo que estava em desvantagem, pagando o vale do ano e ferida, seguiu firme e forte. Palmas, Paula… você merece.

Óbvio que tem mais tombos de outros participantes, mas a sequencia de quedas da Paula é imbatível. Ao final, o time verde quebra novamente o treco e o vermelho ganha com o último participante praticamente forçando a garrafa a se mover.

Quem perde mais nesse caso foi o Guaraná Antarctica, que o seu nome estampar uma patuscada em rede nacional. Pedro Bial ficou com cara de tacho mas se saiu muito bom, mostrou experiência. Me admira que a Globo tenha liberado uma prova com imensa chance de dar erro.

O fato dominou os TTs no Twitter e houve diversas piadas. Resolvi reproduzir algumas:

– Paula caiu três vezes na prova. Pede música no Fantástico? #bbbfail

– Patrocínio do Guaraná Antártica: 5 milhões. Montagem da prova do líder: 5 mil reais. Ver o Bial com cara de bunda: Não tem preço. #bbbfail

– Globo, reprisa essa prova do líder nos sábados. Certeza que é mais engraçado que o Zorra Total. #bbbfail

– Paulinha caiu, terremoro no Rio. #bbbfail

– O sabotador não tá dentro da casa, tá entre a produção. #bbbfail

– Errar uma vez é humano. Errar duas vezes é burrice. Errar três, quatro, cinco vezes é Paulice. #bbbfail

– Em menos de um minuto a Globo e a Paula fizeram mais brasileiros rirem do que o Zorra Total em 10 anos. #bbbfail

– Tá na cara que o sabotador do BBB é o Guaraná Dolly. #bbbfail

– Alegria que contagia: ( ) Guaraná Antártica (X) Paulinha caindo #bbbfail

Anúncios

BBBriga

Posted in BBB11 with tags , , , , , on 11/01/2011 by andreifonseca

Esse ano vale porrada no BBB. Resolvi começar assim, de soco mesmo. Aliás, eu chuto que essa edição vai nocautear A Fazenda em termos de audiência. Enquanto a Record aposta em (sub)celebridades em disputinhas de beleza, a Globo, através do Boninho, dá um murro no politicamente correto e enclausura  pessoas na maioria bonitas (ou não), mesclando opções sexuais, distribui trago a rodo e libera o cacete (em todos os sentidos).

Muitos vão dizer que BBB é isso é aquilo. Olha, eu também não gostava, confesso. Achava uma retumbante perda de tempo. Mas, a última edição me fez refletir sobre o caso. O Brasil discutiu sexualidade, comportamentos, paradigmas e viu um ogro se transformar em referência de sinceridade e caráter, e como prêmio, levar uma bolada milionária.

Alías, cabe uma referência ao Marcelo Dourado. Ele está longe de ser considerado um herói ou concorrer ao Prêmio Nobel. Mas o cara foi excluído e julgado (dentro da casa) pela sua aparência e estilo de vida, sofreu com o isolamento. Se os outros participantes não tivessem iniciado uma guerra contra um, este não teria levado. Mas o público é implacável, faz justiça com as próprias mãos.

Voltando ao BBB11, não acredito que a televisão brasileira estará apresentando a partir de hoje o supra-sumo do entretenimento. Longe disso. Porém, analisar os comportamentos das pessoas dentro da casa e da reação da população diante delas é um exercício riquíssimo.

Por outro lado, todo nós temos um lado fútil. Quem não gosta de um barraco? Nosso lado bisbilhoteiro fala mais alto, as vezes. A vida alheia interessa sim. Desligue o computador aquele que nunca parou para ouvir uma fofoca ou ficou observando o comportamento de um vizinho ou alguém na rua por um motivo qualquer.

Finalmente, estou muito curioso para o andamento dessa edição. Vai ter um sabotador (o que é muito bom para o jogo), tem a questão dos times, divisão de casas e o principal diferencial é um transexual, Ariadna, que vai esconder ter nascido Thiago. Imagine se algum maluco bebe demais e resolve tentar a sorte com a morena(o)? Esse BBB vai ser do cacete mesmo.

….

Novela Ronaldinho chegou ao final. Me surpreendi com o resultado. Apostei publicamente no Twitter que o destino dele seria o Grêmio. Acho que o Flamengo foi oportunista e acabou levando. Duvido muito que consiga cumprir os compromissos financeiros assumidos.

Os maiores prejudicados nesta história são os Assis Moreira. Não temo pela segurança deles, acho que não cabem imbecilidades ligadas à violência e acredito que não vão ocorrer. Mas a imagem fica arranhada sim. O Assis pode justificar o que quiser que o ódio dos tricolores será eterno.

Outra coisa: um dos maiores empresários do Brasil, Ricardo Vontobel, estava diretamente envolvido nisso e não foi tratado com respeito. Faltou palavra e ética para uma referência em negócios. Perde quem não cumpriu.

O Jacaré Banguela sugere que o Grêmio contrate Felipe Melo para marcá-lo. Esse jogo eu não perderia nunca.